terça-feira, 21 de julho de 2015

É PRECISO RENUNCIAR


''Há uma doce teologia do coração que só se aprende na escola da renúncia.'' (A. W. Tozer)

Ah! como concordo com essa frase e como ela veio de encontro a mim. A sensação foi de um murro no peito.

É preciso renunciar aquilo que traz peso, discórdia e uma falsa possibilidade de se ter encontrado a panaceia para a alma e o espírito.

Freud diz em seu famoso livro: O Mal Estar na Civilização, de que o fim máximo do homem é a busca da felicidade.

Percebo que muito se fala de felicidade e pouco fala-se de paz. A paz interior só encontra abertura para entrar quando nos dispomos a renunciar.

Renunciar o que? coisas das quais querem nos obrigar a fazer, atitudes que não queremos deliberadamente tomar, mais nos dizem que temos de fazer. Renunciar as múltiplas pressões. Renunciar quando querem fazer a gente engolir goela abaixo coisas que de fato não queremos.

Renúncia não é um ato de rebeldia, não! É um exercício de limpeza do ser. O eterno ato da cruz feito por ELE em favor de cada um de nós, nos convida a renunciar cotidianamente aquilo que traz intoxicações a alma.

Pensemos nisso!''A vulnerabilidade soa como verdade e sente-se como coragem. Verdade e coragem não são sempre confortáveis, mas elas nunca são fraqueza.'' (Brené Brown)

É bom descobrir com profundidade que certas experiências nos trazem alívio, leveza de caminhar. Por exemplo, a consciência de que nossas limitações são supridas Nele que tudo pode!

Não quero ser poético, sem essa pretensão, nem escrever poesias existenciais, só compartilho aquilo que acredito rs. (Um amigo muito querido disse que eu sou um idealista romântico kkkkkkk).

O fato é que estou convencido de que admitir a vulnerabilidade, condicionar a falibilidade humana ao poderio do Mestre dos Mestres, pode ser um oceano de paz.

Ótima tarde.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

PRECISAMOS DE DETOX

Detox é uma dieta desintoxicante. A dieta é a privação de alguns alimentos, um estilo de vida e outras mais... Muito bem, sendo assim:

A humanidade está precisando tomar muito detox. Não estou falando da limpeza interna do corpo físico, mais detox pra limpeza da alma.

Precisamos de detox, para tirar a maldade e a banalização da vida, que impulsiona milhares de mortes todos os dias e limpar os homens desse ímpeto assassino maldito.

Precisamos de detox, para limpar nossa alma de tanto egocentrismo que intoxica nosso ser. Por causa dele (egocentrismo) quase não te tem mais espaço para Ser apenas para Ter.

Precisamos de detox, para nos curar da busca frenética e quase irracional pela tal felicidade; e nos trazer a consciência de que a vida não é feita somente de flores, os espinhos existem!

Precisamos de detox, para nos humanizar e nos desintoxicar da monstruosidade humana que: mata, fere, despoja, humilha, aprisiona, rouba, agride outros seres humanos. Bebamos do detox que Jesus formulou chamado: AMOR, esse detox o mundo precisa mais do que qualquer outro.

Precisamos de detox, que nos purifique de toda presunção humana e tentativa de emancipação de Deus. Que o detox da consciência da pequenez humana diante do Divino tire toda crosta da arrogância humana.

Precisamos de detox, para curar as dores da alma, o vazio que por nada é preenchido, a melancolia que nos visita e nem sabemos explica-la. Que tomemos o detox chamado: princípios de Jesus, que traz possibilidade real de vida nova e que nos dá consciência de existência e sentido de vida.

A única saída possível para a humanidade é aderir ao detox pra alma todos os dias, para que tudo o que há de ruim, seja retirado pelo detox da saúde da alma.

Pensemos nisso! 

UNIÃO DAS ALMAS

‘’ completai a minha alegria de modo que penseis a mesma coisa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento ‘’. (Carta de Paulo aos Filipenses)

Salta-me aos olhos a expressão do apóstolo: sejais unidos de alma. O mundo não é romântico, eu sei. Aliás, é muito cruel para o meu gosto.

Não vivemos num castelinho dourado. Estamos inseridos no capitalismo, esgotamento político, desesperança de muitos de ver um mundo melhor. 

Para mim, o que Paulo ao menos propõe é que possamos transcender toda a materialidade e unirmo-nos a favor de um mundo melhor.

O filósofo Platão considerava que a alma é o lugar das sensibilidades, onde podemos sentir e perceber.

Mudar o mundo a partir do ambiente no qual estamos inseridos. Trazer o Reino de Deus (Sua vontade) para o seio de nossas vivências. Exemplo: será que a vontade do Divino é o cultivo do ódio ou da fraternidade entre os seres humanos?

Eu sei! pode parecer mais um textinho romântico do Anderson Flávio, mais vivo acreditando todos os dias que isso é possível.

Quero unir cada vez mais minha alma com os que me cercam; a fim de juntos promovermos uma maneira de vida mais humana, interessante, excelente e de sentido.

Pensemos nisso!