terça-feira, 27 de setembro de 2011

PRIMAVERA DO AMOR

Uma estrofe do poema "Primavera do Amor", agosto/1970:

"Vem chegando a Primavera

Sorridente e muito bela,

Vem florir o nosso amor.

Verdes campos, belas flores,

Traz perfumes, traz sabores,

Tudo para o nosso amor".
                                                                                                             
                                                                                       (Autor: Artur Gabriel de Oliveira)




sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O INFERNO SÃO OS OUTROS

Dificilmente o ser humano consegue se perceber, todavia é muito comum terceirizarmos os erros dos quais somos acometidos o tempo todo.

Assumir que erramos é uma das piores afrontas que se faz ao próprio eu. Há uma intencionalidade enorme em transferirmos nossos deslizes, porque racionalmente procura-se manter um status de primazia em ser assertivo.

Como disse o filósofo francês Satre ´´ o inferno são os outros ´´

As implicações são ferrenhas para o ego, quando se resolve assumir um engano, um equívoco, alguma culpa, uma desinformação, uma falha, um súbito de raiva, uma impulsão sem razão, entre outras. Pra que esmurrar o próprio ser? Para que maltratar a alma? Acaso a pessoalidade sofre de masoquismos? As demandas do orgulho e dos interesses internos ofuscam na maioria das vezes qualquer possibilidade de não transformar os outros no seu inferno pessoal. É a presunção humana em foco mais uma vez.

O ser humano é tão racional quanto a isso que subitamente se percebe quando se está caminhando fora da rota. Nesta avenida da negação da perfeição se anda com sapatinhos de veludo para não causar barulho algum e nem desconfiança quanto aos desvios que são feitos rotineiramente. É necessário aprender a andar melhor nesta estrada, com maior diligência, saber pisar no freio no momento certo, engatar a embreagem sem precipitação, assim sendo, o surto do excepcional condutor da alma na estrada da negação da perfeição, poderá ser contido.

Se começa com atos comedidos, um aqui, outro ali e outro acolá, assim, cada ser humano vai aprendendo a se perceber como ser humano, isto significa logo imperfeito.

Pense nisso!

Anderson Flávio

segunda-feira, 11 de julho de 2011

ESTOU SOFRENDO PRESSÃO, E AGORA?

Deparei-me com uma fala do Pr. Márcio Valadão simples mais contundente:
´´ Deus tem propósito conosco nas pressões que sofremos ´´.

De fato isso mexeu comigo, porque no momento em que me deparei com esta fala, estava ou ainda estou sofrendo fortes pressões. É um tanto paradoxo dizer que a pressão faz bem; mas na realidade abrangendo um pouco mais suas conseqüências; não encontraremos apenas coisas ruins.

A pressão evoca um raciocínio mais objetivo e eficaz. A pressão nos leva a sermos mais intensos naquilo que fazemos. A pressão testa nossa habilidade de sairmos de um problema de modo digno, de pé, com a cabeça erguida.

O que de fato se torna mais difícil é agirmos com calma e paciência quando estamos sob pressão, encurralados pelas contingências da vida.

A pressão normalmente testa nossos limites, e como é difícil! Ufa!!!!!!!!!!! Para quem tem uma dose de paciência, ainda acaba tendo um salvo-conduto, mas para aqueles que não as tem, é extremamente difícil, gente, acredite!

Se as pressões da vida nos encurralar de modo que a gente fique sufocado, não as venceremos nunca. É preciso respirar fundo, contar 1,2,3..., é preciso pedir intervenção divina, é preciso não deixar que o nosso raciocínio seja tomado pela ira.

Chego numa conclusão de que as pressões na verdade são verdadeiros exercícios para o nosso corpo, alma e espírito. Se a pressão (stress) vencer o corpo disto decorrerá doenças, se vencer a alma, nos sentiremos agonizados e desanimados, isto é, nossos sentimentos ficarão ofuscados; se vencer o espírito impedirá nossa comunhão com Deus, porque nossa fé se tornará enfraquecida.

Que na labuta da vida, que no decurso da nossa existência, cada um de nós possamos nos exercitar através das pressões que não cessarão, até que o Senhor volte!

Pense nisso!

Anderson Flávio

domingo, 22 de maio de 2011

O ESPECTRO DA MODERNIDADE

Twitter, facebook, orkut são ferramentas imprescindíveis para networking ? Sabemos que o mundo gira em torno de relacionamentos, no entanto, tudo aquilo que é desenfreado torna-se perigoso. Pré-adolescentes e adolescentes dedicam horas de seu dia na internet, postando fotos, vídeos, entre outros. Até que ponto isto é saudável? Positivo? Coerente?
Pensando sobre as desventuras das redes sociais, quantos tem se tornado vítimas até fatais de bandidos, quantos se tem enveredado por ideologias fanáticas, sofrendo lavagem cerebral; pensando em tudo isso, entendemos que o espectro da modernidade é a internet que ao mesmo tempo promove integração, conhecimento, partilha, encontros, pesquisas entre outros, mas por outro lado, arrebenta as comportas da intimidade e vida privada.
Nonnus um poeta grego já dizia: ´´Sê flexível com equilíbrio ´´. Sendo assim, é preciso repensar algumas coisas: preciso colocar fotos de todos os meus familiares no orkut? É necessário dar detalhes do conjugue? É preciso mesmo falar das minúcias da nossa vida em redes sociais?
Gostaria de terminar minhas palavras tomando emprestada uma fala do Senna.

´´ Uma maneira de preservar sua própria imagem é não deixar que o mundo invada sua casa. Foi um modo que encontrei de preservar ao máximo meus valores ´´. (Ayrton Senna)

Pense nisso!

Anderson Flávio

BEAUTIFUL DAY / LINDO DIA

Linda música do U2 um dos trechos em tradução livre : ´´ É um lindo dia, não deixe ele escapar ´´.

Cada dia temos a real possibilidade de evoluirmos como seres humanos. Exauridos de forças por muitas vezes pensamos estar tudo acabado, no entanto, um novo dia significa uma nova oportunidade. A grande jogada de todas as manhãs reside no fato de ao levantarmos: 1º reconhecermos nossas limitações, 2º potencializarmos nossas qualidades.
Ficar parado, apenas se lamentando das contingências da vida, das sobreposições dos obstáculos, não nos trará vantagem alguma. A roda gigante da vida não para de girar, é preciso iniciativa para tudo neste mundo. A era do conhecimento disponibiliza a todos nós nos aventurarmos no conhecimento, só não adquire quem não quer. Nossos relacionamentos construídos nos dão chance de sermos ajudados por outrem, só não recebe ajuda quem está mergulhado no mar do orgulho. Cada amanhecer é um belo presente divino, não deixe seus dias escaparem sem que você faça algo significativo.
Cada lindo dia é tempo de fazer história, tempo de construir coisas novas, tempo de nos renovarmos, tempo de respiramos alívio para a alma.
Não jogue fora seu tempo com tramas desconexas, com dissoluções fúteis, com maquinações erradas. Não faça de seu dia um ´´ muro das lamentações ´´.

É um lindo dia, não deixe ele escapar.

Pense nisso!

Anderson Flávio

sábado, 14 de maio de 2011

COMPORTAMENTOS MENTAIS

Estamos vivendo numa época em que um número significativo de pessoas estão sofrendo de enfermidades não somente físicas, mas a alma, o intelecto e o espírito estão enfermos.

Mahatma Gandhi disse algo que eu concordo: ´´ As enfermidades são os resultados não só dos nossos atos como também dos nossos pensamentos ´´

Tem pessoas que só sabem praguejar, pensar negativamente em relação ao outro, maquinar o mal, torcer contra o semelhante; e tudo isso é gerado na mente (através de pensamentos).

A depressão se tornou uma doença terrível que assola muitos dos nossos contemporâneos e perturba a vida dos seres humanos. Um pensador da atualidade chamado Mike Murdok diz: ´´ A dor é a prova da desordem ´´. Isto é, ao notarmos pensamentos fúteis, de caráter ruim, devemos perceber que algo em nossos pensamentos está desordenado, isto é, nosso comportamento mental está sendo alterado em função de distúrbios mentais.

Aderir coisas boas no pensamento é uma questão de saúde mental. Cultivar a positividade, as delícias e os prazeres da vida, é bom para o cérebro. Pensamentos oriundos de mágoas, ódio, inveja deturpam nosso raciocínio, inibem nossa capacidade de exercermos um comportamento mental altamente envolto pelas belezas da vida.

Cultive boas conversas, como disse Paulo de Tarso, o intrépido personagem das escrituras sagradas ´´ As más conversações corrompem os bons costumes ´´ É importante que sejamos lógicos com equilíbrio, que sejamos emocionais na medida certa, críticos para o construto do pensamento, flexíveis para não incorrermos em sermos radicais. Ações simples como essas entre tantas outras nos ajudará a termos um comportamento mental adequado e bom.

Pense nisso!

Anderson Flávio